Caracterização de movimentos ambientais urbanos ligados à gestão da água. Estratégias sociais para acesso à água potável em Tandil, Argentina

Autores

  • Elsa Marcela Guerrero Centro de Investigaciones y Estudios Ambientales (CINEA)

Resumo

O protesto social é caracterizado por uma teia de esforços coordenados e novas formas de organização de redes que enfatizam códigos culturais e papéis de identidade no nível da comunidade. Essas formas de mobilização e organização chamam a atenção da mídia, a opinião pública, mas ao mesmo tempo estimulam o pensamento acadêmico com diferentes abordagens, como os novos movimentos sociais (SMN).
Diferentes formas de organização social marcaram presença na última década na cidade de Tandil, na Argentina. Algumas dessas mobilizações se devem aos efeitos ambientais da atividade de mineração, à instalação de atividades prejudiciais, etc.
Em particular, o trabalho caracteriza as lutas locais pelo acesso à água potável com base na análise historiográfica e documental. Isso permitiu detectar analogias conceituais com outros processos similares compreendidos globalmente nos chamados NMS.

Publicado

2018-09-28

Como Citar

Marcela Guerrero, E. (2018). Caracterização de movimentos ambientais urbanos ligados à gestão da água. Estratégias sociais para acesso à água potável em Tandil, Argentina. REVIBEC - REVISTA IBEROAMERICANA DE ECONOMÍA ECOLÓGICA, 1(1), 17–26. Recuperado de https://redibec.org/ojs/index.php/revibec/article/view/190