Estimativa econômica das principais deseconomias presentes na Grande Região Metropolitana (GAM) da Costa Rica

Autores

  • Marco Otoya Chavarría Centro Internacional de Política Económica para el desarrollo Sostenible de la Universidad Nacional (CINPE-UNA)

Resumo

A Área Metropolitana Maior (GAM) da Costa Rica sofreu alterações em sua estrutura e composição, refletida em uma série de mudanças em relação à dinâmica de crescimento da população, sua estrutura de produção e do uso do espaço geográfico. Essas mudanças têm gerado benefícios positivos, no entanto, desenvolveram um negativos série dada o grau de saturação da cidade devido à falta de planejamento e gestão da terra.
Nos últimos anos, o GAM foi caracterizada pela falta de infra-estrutura viária adequada e transporte público eficiente, aumento da insegurança, a falta de espaços de lazer e moldura verde, o aumento da poluição do ar, do solo e dos recursos hídricos. A combinação destas características incentivar as empresas e indivíduos incorrer em uma série de custos que aumentam ao longo do tempo e que influência o primeiro, incluído no preço de seus produtos e serviços, custos incrementais de congestionamento do tráfego, acidentes de trânsito, e os últimos, têm de suportar estes custos; entre outros, como eles podem ser refletidos na saúde ou na poluição e deterioração ambiental.
Nesse contexto, as deseconomias mais importantes (externalidades) presentes no GAM são analisadas e avaliadas.

Publicado

2019-01-04