A força motriz no desenvolvimento econômico de Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPMEs) na Cadeia Global de Roupas

Autores

  • Alvaro Martín Parada Gómez Escuela de Economía. Universidad Nacional de Costa Rica

Resumo

Este artigo analisa o papel da força motriz na cadeia global de mercadorias relacionada ao desenvolvimento de roupas Mipymes. Esta dimensão da cadeia, desde a sua origem no regulamento em vigor, o quadro institucional de apoio às cadeias de produtos, bem como as causalidades de poder de mercado, ou seja, economias de escala, integração vertical, as externalidades, informação imperfeita , entre outros. Esta força motriz afeta o desenvolvimento económico das MPMEs, porque eles são as empresas que na ânsia de aproveitar maiores benefícios causar vários efeitos sobre os recursos naturais e factores de produção, sustentabilidade atentándose de recursos. Este artigo demonstra estes efeitos no têxtil e de vestuário da dinâmica de funcionamento de grupos empresariais, que se desenvolveram condições para estabelecer um controle satisfatório na competição no setor têxtil. A principal conclusão é que a força de controle exercido sobre a cadeia de vestuário se concentra no link em marketing causada por processos de diferenciação de produtos e processos, o que aprofunda a distribuição assimétrica de benefícios entre empresas que operam ao longo esta corrente.

Publicado

2019-03-22

Como Citar

A força motriz no desenvolvimento econômico de Micro, Pequenas e Médias Empresas (MPMEs) na Cadeia Global de Roupas. (2019). REVIBEC - Revista Iberoamericana De Economía Ecológica, 10(1), 15-28. https://redibec.org/ojs/index.php/revibec/article/view/265