Convergência teórica da Economia Ecológica e da Ecologia Industrial

  • Felipe Nogueira da Cruz Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Debora Nayar Hoff Universidade Federal do Pampa
  • Daniel Caixeta Andrade Universidade Federal de Uberlândia
Palavras-chave: Teoria da firma, Sustentabilidade ambiental, Economia Ecológica, Ecologia Industrial, Ecossistemas Industriais

Resumo

Face às evidências de agravamento dos problemas ambientais e interdependência entre estes e a trajetória insustentável das atividades econômicas, correntes teóricas postulam iniciativas de desenvolvimento favoráveis à conservação dos serviços ecossistêmicos, a exemplo da Economia Ecológica (EE) e da Ecologia Industrial (EI). Partindo-se do pressuposto de que a EE precisa avançar nas discussões relativas à firma e que a EI pode ser um caminho já trilhado para suprir parte desta lacuna, este artigo busca apresentar evidências de convergências teórico-analíticas importantes e indicar que o aprofundamento deste estudo pode levar à demarcação futura de uma Economia Ecológica da Firma. Observou-se proximidade teórica relevante entre a EE e a EI, cujos desdobramentos ainda não foram adequadamente tratados pelos estudiosos de ambas as áreas.

Publicado
2018-10-16