Análise de alternativas para uma gestão integral de resíduos sólidos: O caso da cidade de Latacunga, Equador.

Autores

  • Miguel Gallegos Garzón Facultad Latinoamericana de Ciencias Sociales (FLACSO)
  • Sara Latorre Tomás Faculdade Latino-americana de Ciências Sociais (FLACSO), Equador

Palavras-chave:

resíduos sólidos, Gestão integral, avaliação social multicritério, participação, justiça ambiental, Equador

Resumo

Em várias cidades do Equador existe uma gestão deficiente dos resíduos sólidos, já que em muitos casos o componente econômico é privilegiado sobre o social e ambiental. Para mudar essa visão tradicional, é necessário ir além de uma gestão integral que contemple várias estratégias antes da destinação final adequada. O ideal é a busca do equilíbrio entre as dimensões econômica, social, ambiental e técnica. Neste trabalho, a cidade de Latacunga (Equador) foi usada como um estudo de caso para avaliar cinco alternativas de gestão de resíduos sólidos (SRM) de uma perspectiva social multicritério, que tem o potencial de integrar vários valores sociais e é um ideal ferramenta para otimizar a gestão abrangente de resíduos. A alternativa que alinhava as necessidades da sociedade e das prefeituras era o aterro sanitário, a partir do qual se esperava minimizar as externalidades negativas geradas pelo sistema atual para a população do entorno. Busca contribuir para o debate sobre alternativas de GRS, não só economicamente viáveis, mas também social e ambientalmente justas.

Publicado

2021-12-30